Twitter de um Borderline (IX)

29 Jun
- Meu medo é de que eu tome esses remédios todos de uma vez, quando a dor e a angústia forem imensos em si mesmos.
- "Jamais coloque um ponto final onde Deus colocou uma virgula". Graccie Allen
- Dormi melhor do que nos outros dias, não tão bom quanto esperava, mas nada é como eu espero mesmo.
- Estou no trabalho, com o corpo pesado, as pálpebras se fechando e uma vontade imensa de dormir.
- Vou tomar um café. Acho que estas drogas não estão fazendo efeito, é mais a ação sobre a mente que me dá esta sensação.
- Não sei não... estou me sentindo bem... nem tenho ideia do que está acontecendo.
- Parece que a "Coisa" hoje resolveu dar uma trégua. O Monstro que habita em mim está dormindo.
- Sinto-me Dr. Jekyll e Mr. Hyde (O Médico e o Monstro), o problema é que o Mr. Hyde se manifesta com mais frequência.
- Ontem a "Coisa" me tomou com uma força que eu vi a hora pirar, mas consegui desviar a atenção para alguma coisa relevante.
- A "Coisa" hoje adormeceu, sei que está à espreita, ao menor vacilo ela volta e assume o comando outra vez.
- Essa "Coisa" vai fugir das drogas que eu tomei, mas sei que vai criar anticorpos, sei que as drogas terão que ser mais fortes.
- Fui para uma reunião, A "Coisa" não foi, faltou. Parece que está com raiva, à espreita.
- O ruim é que além da "Coisa" ainda existe o Impostor, esse é dissimulado e problemático.
- A "Coisa" é fácil de lidar, algumas drogas e ela foge, não de vez, mas foge. O Impostor nunca dá às caras, quase que não se enxerga o mesmo.
- Que sono, a porcaria do remédio fez efeito agora. Como é que eu vou para casa agora? E ainda está chovendo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...