Twitter de um Borderline (V)

25 Jun
- Há implicações diversas para uma volta ao útero, talvez a maior seja a intolerância com o protecionismo exacerbado.
- Dificuldade em reconhecer que chegou ao fim. Só aumenta a tristeza.
- Não reconhecer as razões reais para o fim, também não ajuda, só aumenta o caos emocional.
- Atribuir culpa aos outros, nada mais é que deixar de reconhecer as nossas próprias fraquezas e erros. Isso impede mudança e crescimento.
- Precisamos saber onde erramos e onde acertamos, a maldita transferência freudiana, torna-nos seres irresponsáveis.
- Transtorno de Personalidade Limítrofe ou Transtorno de Personalidade Borderline não é também uma forma de fugir da responsabilidade?
- Mexer em casa de vespas, sem a devida proteção, pode desencadear reações que farão com que nos arrependamos para sempre.
- Será que o Transtorno de Personalidade Borderline pode afetar tanto assim a minha personalidade?
- Se eu tiver TPB, se realmente for isso, acho que vou me entender mais um pouco, vou poder analisar comportamentos que eu nunca pude evitar.
- TPB faz com que tenhamos comportamentos destrutivos, o pior é que as pessoas que amam de fato podem se afastar ou serem afastadas.
- Ter TPB é um diagnóstico que esclarece muita coisa, mas que amedronta mais ainda. Quem tem não pode fingir que não tem.
- TPB | A primeira reação é de medo de mexer em casa de vespas, dói demais mexer nestas feridas abertas. Não se pode fingir que não é nada.
- Depois do susto inicial, há um misto de pavor e depois um sentimento de redenção, é como se você descobrisse que não é tão "ruim" assim.
- TPB não tem cura, mas que pode ser monitorada.
- Foi numa conversa dolorida, mas redentora, que me mostrou a possibilidade de ter TPB. Serei eternamente grato. Vou me cuidar!
- O twitter é o lugar ideal para expor nossas idiossincrasias, sem medo, sem temor. Que se dane quem critica a minha visceralidade.
- Uma valquíria, bendita valquíria caucasiana, me fez esta revelação, em meio às lágrimas e dores. Não sei agradecer, vou dar meu olhar!
- Por isso gosto tanto de coisas que me deixam melancólico, de uma hora para outra, fico sombrio e funesto.
- Bom, agora a responsabilidade de mudar este quadro é minha. Não vou deixar mais que isso me destrua. Obrigado caucasiana valquíria.
- Vele por meu sono hoje, valquíria caucasiana.

[Tuitada no dia posterior ao dia em que soube que era portador de TPB, que era um Borderline].

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...